Imagens da colheita e da extração 2016

IMG_0501
Ademilson Cândido, o Preto, um dos responsáveis pela extração, pesa caixas de azeitonas recém-colhidas. Foto: Antônio G. Batista

Uma safra difícil; um ano de El Niño, sem inverno e com chuva fora de hora. Mas, como sempre, uma colheita feliz, desta vez com pouca chuva, e uma extração “puxada” – e com a gente errando menos: afinal, foi nossa terceira extração. É muito pouco para os padrões dos países que já produzem azeites há mais tempo; é quase nada para os os países da bacia do Mediterrâneo. Para nós, porém, vem sendo um longo período de aprendizado.

 

As crianças que aparecem na colheita são filhas do Mário e da Maria José. Mário é o administrador da fazenda e nosso mestre lagareiro. Elas quiseram aparecer no filme fazendo aquilo que seus pais e amigos fazem e valorizam; que nós também valorizamos. Não estavam trabalhando. Estavam brincando. A mais velha se chama Vitória; a mais nova, Maria Laura. Depois de brincarem de colher, brincaram de filmar, acompanhando Marina, que fazia as tomadas. Depois não sei. Podem ter ido para o Cantagalo, se a filmagem foi num sábado (durante anos as crianças frequentam o Catecismo); se foi durante um dia de semana – estávamos durante as férias – arrumaram outra brincadeira.

1

2 Comments Say something

  1. Tenho 115 mil metros de área em São Bento do Sapucaí.gosraria de conhecer o negócio como cooperado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *