Chuva

 em Estações do ano, MANTIQUEIRA, Montanhismo

Chuva

Finalmente:
O vento abre portas e janelas,
E circula, como quer, pelos quartos da casa.

Trovões ecoam na serra,
E mesmo antes de desaparecerem,
Voltam com a mesma força,
Entre as vargens, entre as montanhas, sobre a casa.
Círculo perfeito.

Uma nova paisagem então se forma:
Montanhas inteiras desaparecem
E nuvens baixas passeiam:
Vêm pela passagem estreita da Bocaina até o Cantagalo
E formam mais um círculo
Envolvendo a corcova
Onde plantamos a capelinha.

Mar, ondas, espuma.
Apenas à vista
A corcova e capela.

AAGB
São Bento do Sapucaí, 26 de outubro de 2019

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar